Páginas

GmK


Música atual: Carregando...
Ouvintes atualmente:
Máximo de ouvintes:
Status do servidor:
Status da fonte:

domingo, 31 de outubro de 2010

Eleições 2010

neste dia 31 será definido o novo(a) presidente do brasil que o governará por quatro anos e eu pesso a você eleitor que não se deixe levar por seus amigos e familia ou falsárias da internet, escolha muito bem o seu candidato pois ele é quem levará o nosso pais pra frente.

Consciência !

Um obrigado do redator redator do blog ACORDI

Mais de dois milhões de eleitores do RN estão aptos a votar


Tudo pronto para o dia das eleições que definirá o novo presidente da República pelos próximos quatro anos. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), mais de 2,2 milhões de potiguares participarão dessa atividade democrática, amanhã (31). Com a opção de voto na candidata Dilma Rousseff (PT) ou José Serra (PSDB), 2.246.691 estão aptos a votar no pleito. Desses, 2.366 estão cadastrados a votação em trânsito. Quase 70 mil potiguares votaram pela primeira vez nesse ano. Foram jovens com idade entre 16 e 17 anos, cuja legislação eleitoral não os obriga a comparecer ao pleito, que votaram durante primeiro turno. Nem todos os 67.706 jovens realizaram o voto, mas o TRE espera que o número desses eleitores que comparecem de forma espontânea aumente. Os jovens representam um universo de eleitores importantes tanto para a eleição de 2010, quanto para a reeleição do vencedor daqui a quatro anos. Nas eleições 2010, as mulheres são maioria dentro do eleitorado. Na distribuição por sexo, 1.177.895 são mulheres e 1.072.113 são eleitores homens. Em dados percentuais, mais de 47% dos eleitores são homens e aproximadamente 52% são do sexo feminino. Esse eleitorado vem sendo cativado pela candidata Dilma, que tenta captar votos com a bandeira da eleição da primeira presidente mulher do Brasil. O RN é dividido em 69 Zonas Eleitorais, com 1.570 locais de votação, divididos em 6.899 seções para os 2,2 milhões de eleitores. Natal representa o maior colégio eleitoral do Estado com 524.497, o que representa quase 15% de todo eleitorado norte rio-grandense. Das cinco zonas em Natal, a que tem maior número de eleitores é a 69ª Zona, com 144.380. A 69ª Zona Eleitoral tem 329 seções e 55 locais de votação. Mossoró fica em segundo lugar, em maior número de eleitores: 183.460. Em terceiro lugar está Parna-mirim com 96.406 pessoas aptas a votar.

Bandidos invadem e assaltam casa lotérica de Acari

Dois homens armados invadiram e assaltaram a casa lotérica do município de Acari, interior do RN. O assalto ocorreu por volta das 9h deste sábado (30), véspera das eleições.

De acordo com o soldado Alexandre Aurélio, os dois bandidos vestiam calças jeans e camisas pretas, sendo que um deles estava de moleton, semelhante aos usados por clubes de moto. Os dois chegaram em uma motocicleta, ainda não identificada, abordaram clientes e funcionários e levaram uma quantia estimada entre R$ 5.000,00 e R$ 7.000,00.

A polícia está realizando diligencias por toda a cidade e pela zona rural na tentativa de encontrar os assaltantes.

sábado, 30 de outubro de 2010

Apuração no RN deve ser concluída até as 21h

Os 2,2 milhões de potiguares aptos a votar neste domingo, no segundo turno da eleição para presidente da República, devem ter acesso ao resultado do pleito no âmbito do Rio Grande do Norte a partir das 21h do domingo. A informação é do presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Vivaldo Pinheiro, que ressaltou, a exemplo do primeiro turno, esperar uma eleição célere e em clima de tranquilidade. Não serão enviadas tropas policiais federais. “Apenas juízes de três zonas – Caraúbas, Pedro Avelino e São Rafael – solicitaram o envio de força federal, mas o TRE viu que não havia motivos e entrou em contato com o secretário estadual de Segurança para que enviasse reforço a essas localidades”, destacou o magistrado.

A apuração somente terá início às 18h, face o fuso horário brasileiro e a necessidade de a abertura das urnas se dar de maneira igualitária em todo o Brasil. O presidente do TRE explicou ainda que a Secretaria de Segurança Pública do Estado deve baixar uma portaria para definirá a Lei Seca para o dia da eleição. Como nos anos anteriores e, ainda no primeiro turno da eleição deste ano, estarão proibidos o consumo e venda de bebidas alcoólicas entre das 06h às 17h do domingo. “Permanecem também as mesmas proibições de boca de urna, fornecimento de camisetas, brindes, entre outras coisas”, atestou Vivaldo Pinheiro.

Os eleitores que estiverem fora do domicílio eleitoral poderão justificar-se tanto nas próprias urnas de votação como em um posto avançado, criado no Praia Shopping, em Ponta Negra, e que servirá para justificativa de voto. Eleitor com domicílio em outra localidade, mas que se cadastrou até o último dia 30 de agosto para votar em domicílio diverso, poderá votar para presidente da República. Caso contrário terá que se justificar.

O desembargador Vivaldo Pinheiro informou ainda que estão em funcionamento o disque eleitor para que os cidadãos possam dirimir dúvidas quanto a justificativa de voto, local de votação, entre outros. No primeiro turno da eleição foram disponibilizados dois estádios em Natal, o Machadinho e o Nélio Dias, na Zona Norte; e o ginásio Pedro Ciarlini, em Mossoró, para apreensão dos flagrantes de irregularidades eleitorais que fossem constatados, no entanto, face a tranquilidade do primeiro turno constatou-se também que não haverá necessidade de disponibilizar os três espaços para o mesmo fim. “Vamos trabalhar somente com o ginásio da Zona Norte para possíveis apreensões e irregularidades”, assinalou Vivaldo Pinheiro.

Ele informou ainda que a Côrte do TRE/RN trabalhará normalmente durante a apuração e haverá, como na primeira fase, um telão ao lado da instituição para que os eleitores possam acompanhar a divulgação do resultado em tempo real.

Informações importantes para o eleitor

Conheça as principais orientações dadas pelo TSE aos eleitores

1- Ausência no 1º turno não impede o eleitor de votar

Neste domingo todos os eleitores aptos a votar devem comparecer às seções eleitorais independentemente de terem ou não votado no primeiro turno. Aqueles que não compareceram e nem justificaram a ausência poderão votar normalmente, pois o prazo de justificativa é de 60 dias a partir da data de cada turno da eleição.

De acordo com o artigo 14 da Constituição Federal o voto no Brasil é obrigatório para todo cidadão alfabetizado com idade entre 18 e 70 anos que esteja em pleno gozo de seus direitos políticos. Mesmo que o eleitor não tenha votado no primeiro turno ele deverá votar no segundo. Caso contrário terá de justificar ausência ou pagar multa para ficar quite com a Justiça Eleitoral.

No primeiro turno, realizado no dia 3 de outubro último, o índice de abstenção registrado em todo o país foi de 18,12%, ou seja, 24,6 milhões de pessoas deixaram de votar e deverão justificar o não comparecimento às urnas.

2- Justificativa

O eleitor que deixou de votar no primeiro ou que não venha a votar no segundo turno da eleição terá dois prazos para justificar sua ausência: um de até 60 sessenta dias contados a partir do dia 3 de outubro (primeiro turno) e outro em até 60 dias a partir do próximo domingo 31 de outubro (segundo turno). O requerimento de justificativa deve ser dirigido ao juiz da zona eleitoral onde o eleitor é inscrito, pessoalmente ou pelos Correios. Vale lembrar que a ausência a cada turno da eleição deve ser justificada individualmente e que a pessoa que não votar em três eleições consecutivas, não justificar a ausência e não quitar a multa devida terá sua inscrição cancelada e poderá ser excluída do cadastro de eleitores.

O eleitor cujo voto é obrigatório que não regularizar

sua situação junto à Justiça Eleitoral fica impedido, entre outras coisas, de obter passaporte ou carteira de identidade; receber vencimentos, se servidor público; inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, bem como – se aprovado – tomar posse nele; e renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.

De acordo com o chefe de cartório da 3ª Zona

Eleitoral de Natal, Tyronne Dantas, os eleitores dão preferência, no dia da eleição, para entregar a justificativas, aos shoppings de Natal. “Praia Shopping e Shopping Via Direta são os mais procurados pelo eleitor que deseja justificar sua ausência”, afirma. Para Tyronne, o eleitor que desejar evitar grandes filas pode dirigir-se ao Fórum Eleitoral da Av. Zacarias Monteiro, Escola Estadual Floriano Cavalcante ou UNP da Av. Engenheiro Roberto Freire.

3- voto em trânsito

O voto em trânsito é uma novidade dessas eleições e está previsto na Lei 12.034/2009 (Minirreforma eleitoral) e na Resolução 23.215/2010 do TSE. Para este segundo turno 76.528 eleitores se cadastraram – entre 15/7 e 15/8 – para escolher seu candidato à presidência da República fora de seu domicílio eleitoral. Vale frisar que o voto em trânsito somente é permitido para os cargos de presidente e vice-presidente da República e que as seções especiais somente serão instaladas nas 27 capitais brasileiras. No primeiro turno, mais de 66 mil pessoas votaram fora de seu domicílio eleitoral. O eleitor habilitado a votar fora de sua cidade poderá consultar no portal do TSE (www.tse.jus.br) onde estará instalada a seção de voto em trânsito a qual deverá se dirigir. O eleitor que optou pelo voto em trânsito, para o segundo turno, em Natal, deverá dirigir-se novamente ao IFRN da Av. Salgado Filho.

4- documentos para votar

Embora a Lei 12.034/2009 exija a apresentação de dois documentos no dia da eleição (título de eleitor e um documento oficial com foto), uma decisão do Supremo Tribunal Federal permitiu que o eleitor que apresentar apenas um documento com foto possa votar.

São considerados documentos oficiais: carteira de identidade, identidade funcional, carteira de trabalho ou de habilitação com foto, certificado de reservista ou passaporte. As certidões de nascimento ou casamento não são consideradas provas válidas de identidade, porque não têm fotografia.

O eleitor que tiver seu título de eleitor e quiser usá-lo, pode levá-lo no dia da votação. Embora não seja obrigatório, o porte do título eleitoral facilita a localização da seção e acelera o processo de votação. Ou seja, a apresentação do documento oficial com foto é obrigatória e a do título eleitoral é facultativa.

5- horário da votação

No próximo domingo, os eleitores poderão votar entre 8h e 17h, respeitado o horário local, para os estados onde há diferença de fuso em relação à hora oficial de Brasília. Independentemente do local de votação, postos de justificativas estarão abertos nesse mesmo período para receber as justificativas de quem não pôde comparecer às urnas em seu domicílio eleitoral. Os locais de votação são os mesmos do primeiro turno. Também no segundo turno serão instaladas cerca de 420 mil urnas, uma em cada seção eleitoral. Mas há ainda uma reserva técnica de aproximadamente 50 mil urnas que podem ser utilizadas em caso de necessidade de troca por defeito ou falha.

No Brasil são 94.938 locais de votação, onde mais de dois milhões de pessoas trabalharão como mesários, enquanto que no exterior foram instaladas 621 seções em 242 locais de votação.

Apuração no RN deve ser concluída até as 21h

Os 2,2 milhões de potiguares aptos a votar neste domingo, no segundo turno da eleição para presidente da República, devem ter acesso ao resultado do pleito no âmbito do Rio Grande do Norte a partir das 21h do domingo. A informação é do presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Vivaldo Pinheiro, que ressaltou, a exemplo do primeiro turno, esperar uma eleição célere e em clima de tranquilidade. Não serão enviadas tropas policiais federais. “Apenas juízes de três zonas – Caraúbas, Pedro Avelino e São Rafael – solicitaram o envio de força federal, mas o TRE viu que não havia motivos e entrou em contato com o secretário estadual de Segurança para que enviasse reforço a essas localidades”, destacou o magistrado.

A apuração somente terá início às 18h, face o fuso horário brasileiro e a necessidade de a abertura das urnas se dar de maneira igualitária em todo o Brasil. O presidente do TRE explicou ainda que a Secretaria de Segurança Pública do Estado deve baixar uma portaria para definirá a Lei Seca para o dia da eleição. Como nos anos anteriores e, ainda no primeiro turno da eleição deste ano, estarão proibidos o consumo e venda de bebidas alcoólicas entre das 06h às 17h do domingo. “Permanecem também as mesmas proibições de boca de urna, fornecimento de camisetas, brindes, entre outras coisas”, atestou Vivaldo Pinheiro.

Os eleitores que estiverem fora do domicílio eleitoral poderão justificar-se tanto nas próprias urnas de votação como em um posto avançado, criado no Praia Shopping, em Ponta Negra, e que servirá para justificativa de voto. Eleitor com domicílio em outra localidade, mas que se cadastrou até o último dia 30 de agosto para votar em domicílio diverso, poderá votar para presidente da República. Caso contrário terá que se justificar.

O desembargador Vivaldo Pinheiro informou ainda que estão em funcionamento o disque eleitor para que os cidadãos possam dirimir dúvidas quanto a justificativa de voto, local de votação, entre outros. No primeiro turno da eleição foram disponibilizados dois estádios em Natal, o Machadinho e o Nélio Dias, na Zona Norte; e o ginásio Pedro Ciarlini, em Mossoró, para apreensão dos flagrantes de irregularidades eleitorais que fossem constatados, no entanto, face a tranquilidade do primeiro turno constatou-se também que não haverá necessidade de disponibilizar os três espaços para o mesmo fim. “Vamos trabalhar somente com o ginásio da Zona Norte para possíveis apreensões e irregularidades”, assinalou Vivaldo Pinheiro.

Ele informou ainda que a Côrte do TRE/RN trabalhará normalmente durante a apuração e haverá, como na primeira fase, um telão ao lado da instituição para que os eleitores possam acompanhar a divulgação do resultado em tempo real.

Informações importantes para o eleitor

Conheça as principais orientações dadas pelo TSE aos eleitores

1- Ausência no 1º turno não impede o eleitor de votar

Neste domingo todos os eleitores aptos a votar devem comparecer às seções eleitorais independentemente de terem ou não votado no primeiro turno. Aqueles que não compareceram e nem justificaram a ausência poderão votar normalmente, pois o prazo de justificativa é de 60 dias a partir da data de cada turno da eleição.

De acordo com o artigo 14 da Constituição Federal o voto no Brasil é obrigatório para todo cidadão alfabetizado com idade entre 18 e 70 anos que esteja em pleno gozo de seus direitos políticos. Mesmo que o eleitor não tenha votado no primeiro turno ele deverá votar no segundo. Caso contrário terá de justificar ausência ou pagar multa para ficar quite com a Justiça Eleitoral.

No primeiro turno, realizado no dia 3 de outubro último, o índice de abstenção registrado em todo o país foi de 18,12%, ou seja, 24,6 milhões de pessoas deixaram de votar e deverão justificar o não comparecimento às urnas.

2- Justificativa

O eleitor que deixou de votar no primeiro ou que não venha a votar no segundo turno da eleição terá dois prazos para justificar sua ausência: um de até 60 sessenta dias contados a partir do dia 3 de outubro (primeiro turno) e outro em até 60 dias a partir do próximo domingo 31 de outubro (segundo turno). O requerimento de justificativa deve ser dirigido ao juiz da zona eleitoral onde o eleitor é inscrito, pessoalmente ou pelos Correios. Vale lembrar que a ausência a cada turno da eleição deve ser justificada individualmente e que a pessoa que não votar em três eleições consecutivas, não justificar a ausência e não quitar a multa devida terá sua inscrição cancelada e poderá ser excluída do cadastro de eleitores.

O eleitor cujo voto é obrigatório que não regularizar

sua situação junto à Justiça Eleitoral fica impedido, entre outras coisas, de obter passaporte ou carteira de identidade; receber vencimentos, se servidor público; inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, bem como – se aprovado – tomar posse nele; e renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.

De acordo com o chefe de cartório da 3ª Zona

Eleitoral de Natal, Tyronne Dantas, os eleitores dão preferência, no dia da eleição, para entregar a justificativas, aos shoppings de Natal. “Praia Shopping e Shopping Via Direta são os mais procurados pelo eleitor que deseja justificar sua ausência”, afirma. Para Tyronne, o eleitor que desejar evitar grandes filas pode dirigir-se ao Fórum Eleitoral da Av. Zacarias Monteiro, Escola Estadual Floriano Cavalcante ou UNP da Av. Engenheiro Roberto Freire.

3- voto em trânsito

O voto em trânsito é uma novidade dessas eleições e está previsto na Lei 12.034/2009 (Minirreforma eleitoral) e na Resolução 23.215/2010 do TSE. Para este segundo turno 76.528 eleitores se cadastraram – entre 15/7 e 15/8 – para escolher seu candidato à presidência da República fora de seu domicílio eleitoral. Vale frisar que o voto em trânsito somente é permitido para os cargos de presidente e vice-presidente da República e que as seções especiais somente serão instaladas nas 27 capitais brasileiras. No primeiro turno, mais de 66 mil pessoas votaram fora de seu domicílio eleitoral. O eleitor habilitado a votar fora de sua cidade poderá consultar no portal do TSE (www.tse.jus.br) onde estará instalada a seção de voto em trânsito a qual deverá se dirigir. O eleitor que optou pelo voto em trânsito, para o segundo turno, em Natal, deverá dirigir-se novamente ao IFRN da Av. Salgado Filho.

4- documentos para votar

Embora a Lei 12.034/2009 exija a apresentação de dois documentos no dia da eleição (título de eleitor e um documento oficial com foto), uma decisão do Supremo Tribunal Federal permitiu que o eleitor que apresentar apenas um documento com foto possa votar.

São considerados documentos oficiais: carteira de identidade, identidade funcional, carteira de trabalho ou de habilitação com foto, certificado de reservista ou passaporte. As certidões de nascimento ou casamento não são consideradas provas válidas de identidade, porque não têm fotografia.

O eleitor que tiver seu título de eleitor e quiser usá-lo, pode levá-lo no dia da votação. Embora não seja obrigatório, o porte do título eleitoral facilita a localização da seção e acelera o processo de votação. Ou seja, a apresentação do documento oficial com foto é obrigatória e a do título eleitoral é facultativa.

5- horário da votação

No próximo domingo, os eleitores poderão votar entre 8h e 17h, respeitado o horário local, para os estados onde há diferença de fuso em relação à hora oficial de Brasília. Independentemente do local de votação, postos de justificativas estarão abertos nesse mesmo período para receber as justificativas de quem não pôde comparecer às urnas em seu domicílio eleitoral. Os locais de votação são os mesmos do primeiro turno. Também no segundo turno serão instaladas cerca de 420 mil urnas, uma em cada seção eleitoral. Mas há ainda uma reserva técnica de aproximadamente 50 mil urnas que podem ser utilizadas em caso de necessidade de troca por defeito ou falha.

No Brasil são 94.938 locais de votação, onde mais de dois milhões de pessoas trabalharão como mesários, enquanto que no exterior foram instaladas 621 seções em 242 locais de votação.

Apuração no RN deve ser concluída até as 21h

Os 2,2 milhões de potiguares aptos a votar neste domingo, no segundo turno da eleição para presidente da República, devem ter acesso ao resultado do pleito no âmbito do Rio Grande do Norte a partir das 21h do domingo. A informação é do presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Vivaldo Pinheiro, que ressaltou, a exemplo do primeiro turno, esperar uma eleição célere e em clima de tranquilidade. Não serão enviadas tropas policiais federais. “Apenas juízes de três zonas – Caraúbas, Pedro Avelino e São Rafael – solicitaram o envio de força federal, mas o TRE viu que não havia motivos e entrou em contato com o secretário estadual de Segurança para que enviasse reforço a essas localidades”, destacou o magistrado.

A apuração somente terá início às 18h, face o fuso horário brasileiro e a necessidade de a abertura das urnas se dar de maneira igualitária em todo o Brasil. O presidente do TRE explicou ainda que a Secretaria de Segurança Pública do Estado deve baixar uma portaria para definirá a Lei Seca para o dia da eleição. Como nos anos anteriores e, ainda no primeiro turno da eleição deste ano, estarão proibidos o consumo e venda de bebidas alcoólicas entre das 06h às 17h do domingo. “Permanecem também as mesmas proibições de boca de urna, fornecimento de camisetas, brindes, entre outras coisas”, atestou Vivaldo Pinheiro.

Os eleitores que estiverem fora do domicílio eleitoral poderão justificar-se tanto nas próprias urnas de votação como em um posto avançado, criado no Praia Shopping, em Ponta Negra, e que servirá para justificativa de voto. Eleitor com domicílio em outra localidade, mas que se cadastrou até o último dia 30 de agosto para votar em domicílio diverso, poderá votar para presidente da República. Caso contrário terá que se justificar.

O desembargador Vivaldo Pinheiro informou ainda que estão em funcionamento o disque eleitor para que os cidadãos possam dirimir dúvidas quanto a justificativa de voto, local de votação, entre outros. No primeiro turno da eleição foram disponibilizados dois estádios em Natal, o Machadinho e o Nélio Dias, na Zona Norte; e o ginásio Pedro Ciarlini, em Mossoró, para apreensão dos flagrantes de irregularidades eleitorais que fossem constatados, no entanto, face a tranquilidade do primeiro turno constatou-se também que não haverá necessidade de disponibilizar os três espaços para o mesmo fim. “Vamos trabalhar somente com o ginásio da Zona Norte para possíveis apreensões e irregularidades”, assinalou Vivaldo Pinheiro.

Ele informou ainda que a Côrte do TRE/RN trabalhará normalmente durante a apuração e haverá, como na primeira fase, um telão ao lado da instituição para que os eleitores possam acompanhar a divulgação do resultado em tempo real.

Informações importantes para o eleitor

Conheça as principais orientações dadas pelo TSE aos eleitores

1- Ausência no 1º turno não impede o eleitor de votar

Neste domingo todos os eleitores aptos a votar devem comparecer às seções eleitorais independentemente de terem ou não votado no primeiro turno. Aqueles que não compareceram e nem justificaram a ausência poderão votar normalmente, pois o prazo de justificativa é de 60 dias a partir da data de cada turno da eleição.

De acordo com o artigo 14 da Constituição Federal o voto no Brasil é obrigatório para todo cidadão alfabetizado com idade entre 18 e 70 anos que esteja em pleno gozo de seus direitos políticos. Mesmo que o eleitor não tenha votado no primeiro turno ele deverá votar no segundo. Caso contrário terá de justificar ausência ou pagar multa para ficar quite com a Justiça Eleitoral.

No primeiro turno, realizado no dia 3 de outubro último, o índice de abstenção registrado em todo o país foi de 18,12%, ou seja, 24,6 milhões de pessoas deixaram de votar e deverão justificar o não comparecimento às urnas.

2- Justificativa

O eleitor que deixou de votar no primeiro ou que não venha a votar no segundo turno da eleição terá dois prazos para justificar sua ausência: um de até 60 sessenta dias contados a partir do dia 3 de outubro (primeiro turno) e outro em até 60 dias a partir do próximo domingo 31 de outubro (segundo turno). O requerimento de justificativa deve ser dirigido ao juiz da zona eleitoral onde o eleitor é inscrito, pessoalmente ou pelos Correios. Vale lembrar que a ausência a cada turno da eleição deve ser justificada individualmente e que a pessoa que não votar em três eleições consecutivas, não justificar a ausência e não quitar a multa devida terá sua inscrição cancelada e poderá ser excluída do cadastro de eleitores.

O eleitor cujo voto é obrigatório que não regularizar

sua situação junto à Justiça Eleitoral fica impedido, entre outras coisas, de obter passaporte ou carteira de identidade; receber vencimentos, se servidor público; inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, bem como – se aprovado – tomar posse nele; e renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.

De acordo com o chefe de cartório da 3ª Zona

Eleitoral de Natal, Tyronne Dantas, os eleitores dão preferência, no dia da eleição, para entregar a justificativas, aos shoppings de Natal. “Praia Shopping e Shopping Via Direta são os mais procurados pelo eleitor que deseja justificar sua ausência”, afirma. Para Tyronne, o eleitor que desejar evitar grandes filas pode dirigir-se ao Fórum Eleitoral da Av. Zacarias Monteiro, Escola Estadual Floriano Cavalcante ou UNP da Av. Engenheiro Roberto Freire.

3- voto em trânsito

O voto em trânsito é uma novidade dessas eleições e está previsto na Lei 12.034/2009 (Minirreforma eleitoral) e na Resolução 23.215/2010 do TSE. Para este segundo turno 76.528 eleitores se cadastraram – entre 15/7 e 15/8 – para escolher seu candidato à presidência da República fora de seu domicílio eleitoral. Vale frisar que o voto em trânsito somente é permitido para os cargos de presidente e vice-presidente da República e que as seções especiais somente serão instaladas nas 27 capitais brasileiras. No primeiro turno, mais de 66 mil pessoas votaram fora de seu domicílio eleitoral. O eleitor habilitado a votar fora de sua cidade poderá consultar no portal do TSE (www.tse.jus.br) onde estará instalada a seção de voto em trânsito a qual deverá se dirigir. O eleitor que optou pelo voto em trânsito, para o segundo turno, em Natal, deverá dirigir-se novamente ao IFRN da Av. Salgado Filho.

4- documentos para votar

Embora a Lei 12.034/2009 exija a apresentação de dois documentos no dia da eleição (título de eleitor e um documento oficial com foto), uma decisão do Supremo Tribunal Federal permitiu que o eleitor que apresentar apenas um documento com foto possa votar.

São considerados documentos oficiais: carteira de identidade, identidade funcional, carteira de trabalho ou de habilitação com foto, certificado de reservista ou passaporte. As certidões de nascimento ou casamento não são consideradas provas válidas de identidade, porque não têm fotografia.

O eleitor que tiver seu título de eleitor e quiser usá-lo, pode levá-lo no dia da votação. Embora não seja obrigatório, o porte do título eleitoral facilita a localização da seção e acelera o processo de votação. Ou seja, a apresentação do documento oficial com foto é obrigatória e a do título eleitoral é facultativa.

5- horário da votação

No próximo domingo, os eleitores poderão votar entre 8h e 17h, respeitado o horário local, para os estados onde há diferença de fuso em relação à hora oficial de Brasília. Independentemente do local de votação, postos de justificativas estarão abertos nesse mesmo período para receber as justificativas de quem não pôde comparecer às urnas em seu domicílio eleitoral. Os locais de votação são os mesmos do primeiro turno. Também no segundo turno serão instaladas cerca de 420 mil urnas, uma em cada seção eleitoral. Mas há ainda uma reserva técnica de aproximadamente 50 mil urnas que podem ser utilizadas em caso de necessidade de troca por defeito ou falha.

No Brasil são 94.938 locais de votação, onde mais de dois milhões de pessoas trabalharão como mesários, enquanto que no exterior foram instaladas 621 seções em 242 locais de votação.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Dia nacional do livro


O dia 29 de outubro foi escolhido para ser o “Dia Nacional do Livro” por ser a data de aniversário da fundação da Biblioteca Nacional, que nasceu com a transferência da Real Biblioteca portuguesa para o Brasil.

Seu acervo de 60 mil peças, entre livros, manuscritos, mapas, moedas, medalhas, etc., ficava acomodado nas salas do Hospital da Ordem Terceira do Carmo, no Rio de Janeiro.

A biblioteca foi transferida em 29 de outubro de 1810 e essa passou a ser a data oficial de sua fundação.

Antibióticos serão vendidos com receita


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) publicou ontem no Diário Oficial da União as novas regras de controle para a venda de antibióticos. A partir do dia 28 de novembro, esses medicamentos só poderão ser comercializados em farmácias e drogarias mediante a apresentação da receita de controle especial em duas.
A primeira via da receita fica retida na farmácia e a segunda deve ser carimbada e devolvida ao paciente para comprovar o atendimento. Os médicos que prescreverem as receitas devem ficar atentos também para a necessidade de entregá-las de forma legível e sem rasura.
As mudanças também se aplicam às embalagens e às bulas, que terão que mudar e incluir a frase "Venda sob prescrição médica com retenção de receita". As empresas terão 180 dias para se adequar às novas normas de rotulagem.
As farmácias e drogarias devem reservar um espaço exclusivo para os medicamentos, já que passam a fazer parte da lista de remédios controlados.
Em Mossoró, os farmacêuticos da Vigilância Sanitária estão começando a se preparar para a fase de adaptação. A divulgação será feita através de material televisivo e orientações para farmacêuticos da cidade.
Outra mudança diz respeito à validade das receitas. Os pacientes terão um prazo de 10 dias para adquirir o medicamento; após esse período a receita não terá mais valor. A farmacêutica da Vigilância Sanitária de Mossoró Roberta Lícia Marques Pena explica o porquê dessa medida: "O tratamento com antibióticos deve ser imediato, não deve ser prolongado, até porque dessa forma a bactéria não sofre mutação. Isso fortalece o surgimento dessas bactérias mais resistentes. As pessoas tomam muito antibiótico por conta própria; algumas não concluem o tratamento. Isso contribui para o fortalecimento, porque a bactéria se acostuma com a substância e ela não faz mais o mesmo efeito."
Atualmente, cerca de 40% dos medicamentos vendidos na cidade são antibióticos. A informação é da Vigilância Sanitária de Mossoró.
A fiscalização do órgão continuará da forma que já vem acontecendo, através das inspeções de rotina. Dentro de 30 dias, os estabelecimentos que venderem os medicamentos fora dos padrões estabelecidos serão punidos.
Os antibióticos são utilizados no combate e tratamento de infecções. Entretanto, a maioria das pessoas utiliza o medicamento de forma indevida: "o que acontecia? A pessoa tinha uma dor nas costas e usava o antibiótico. Antibiótico não é anti-inflamatório. Isso acaba criando uma certa resistência das bactérias ao medicamento, tornando esse medicamento ineficaz. Em alguns caos, as pessoas acabam morrendo", explica Roberta.
As normas estabelecidas pela Anvisa valem para mais de 90 substâncias antimicrobianas, que abrangem todos os antibióticos com registro no país, com exceção dos que têm uso exclusivo no ambiente hospitalar.
O objetivo da medida é combater aumento do número de contaminações, principalmente após o surgimento da superbactéria Klebsiella pneumoniae carbapenemase (KPC).

Proprietários reclamam
As farmácias e drogarias também terão um prazo de 180 dias para registrar esses produtos no Sistema Nacional de Gerenciamento de Controlado (SNGC), que cadastra o medicamento na Anvisa em Brasília, possibilitando assim o controle sobre todos os medicamentos vendidos no país. Quando for retirado da prateleira e repassado para o consumidor, o sistema dará baixa no medicamento.
A obrigatoriedade do registro preocupa donos de pequenos estabelecimentos da cidade. Segundo a farmacêutica da Anvisa, "esses estabelecimentos já não vendem remédios controlados para não ter problemas com o sistema. Com isso, o número de farmácias na cidade pode diminuir", informa Roberta.
Ênio Lopes é proprietário de uma pequena drogaria no bairro Santo Antonio (zona norte). O homem confirma a informação da farmacêutica: "Não vendo remédios controlados porque o programa é chato, tem complicações e custa caro."
Na drogaria de Ênio, os antibióticos também estão entre os mais vendidos. Segundo ele, a população costuma comprar o medicamento sem qualquer orientação.
Questionado sobre a nova medida, Ênio declarou que vai reunir o pessoal de sua equipe para decidir o que fazer para se adaptar. O homem, que sobrevive do rendimento da farmácia, diz que vai fazer o que for necessário, mas reclama do prazo. "Vou procurar me adaptar. Creio que todos vão procurar. É lei, a gente tem que se adaptar. Mas deram um prazo muito pequeno; um mês é muito pouco", reclama.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010




funcionário público


28 de outubro dia do funcionário
publico

Religiosa brasiliera é beatificada no vaticano


Por meio de uma nota oficial da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o cardeal arcebispo de Salvador, dom Geraldo Majella Agnelo, anunciou nesta quarta-feira a beatificação de irmã Dulce. O pronunciamento foi feito na sede das Obras Sociais Irmã Dulce, na capital baiana, e o cardeal informou que até o fim do ano será conhecida a data da cerimônia de beatificação.

Para ser considerada beata, foi necessária a comprovação da existência de um milagre atribuído à religiosa - fato que aconteceu esta semana em Roma. O processo ainda precisa ser assinado pelo papa Bento XVI para ser concluído. De acordo com d. Geraldo, irmã Dulce é exemplo para os cristãos e a sua história de vida é o que justifica a beatificação e o processo de canonização. "Todo santo é um exemplo de Cristo, como foi o caso dela (Irmã Dulce), aquela dedicação diuturna durante toda a vida aos pobres e sofredores", disse.

Irmã Dulce é a primeira baiana a tornar-se beata e agora está a um passo da canonização. O título de santa só poderá ser conferido após a comprovação de mais dois milagres intercedidos pela religiosa e reconhecidos pelo Vaticano. A causa da beatificação de Irmã Dulce foi iniciada em janeiro de 2000 pelo próprio d. Geraldo Majella. Desde junho de 2001, o processo tramita na Congregação para a Causa dos Santos no Vaticano.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Resolução da Anvisa torna obrigatório o uso de álcool em gel nas unidades de saúde


Foi pu bli ca da hoje (26) pela manhã, no Diá rio Ofi cial da União, a re so lu ção da Agên cia Na cio nal de Vi gi lân cia Sa ni tá ria (An vi sa) que torna obri ga tó rio o uso de ál­cool gel para hi gie ni za ção das mãos nas uni da des de saúde de todo o país. A me di­da é con si de ra da pelo órgão a mais im por­tan te e de menor custo para a pre ven ção e o con tro le das in fec ções em am bien tes hos pi ta la res, prin ci pal men te pela super-bactéria Kleb siel la pneu mo niae car ba pe­ne ma se (KPC). O pro du to tam bém de ve rá ser co lo ca do em salas onde haja aten di men to de pa cien tes. O uso do ál cool gel (70%) será obri ga tó rio nos es ta be le ci men tos pú bli cos e par ti cu la­res, que terão 60 dias, a par tir de hoje, para o cum pri men to. O uso do pro du to, porém, não dis pen sa a la va gem das mãos com água e sabão. A norma é re co men da da pela Or ga ni za ção Mun dial da Saúde (OMS), com in tui to de pre ve nir e con tro lar in fec ções em pa cien tes e pro fis sio nais que atuam em hos pi tais. A hi gie ni za ção com ál cool será obri ga tó ria nas salas de tria gem, de pronto-atendimento, nas uni da des de ur gên cia e emer gên cia, em am bu la tó­rios, nas uni da des de in ter na ção, de te ra pia in ten si va, em clí ni cas e con­sul tó rios. Vai valer tam bém para os ser vi ços de aten di men to móvel e nos lo cais onde forem rea li za dos quais quer pro ce di men tos eva si vos. Os hos pi tais do Rio Gran de do Norte, assim como, gran de parte das uni da des hos pi ta la res de todo o país, já vinha uti li zan do o pro du to muito antes da de ter mi na ção obri ga tó ria da An vi sa. "É es tri ta men te ne ces sá rio que so lu ções al coó li cas sejam uti li za das antes de qual quer pro ce di­men to; em va ci na ções, antes e de pois do con ta to com pa cien tes, antes e de pois da re mo ção das luvas. Isso é nosso dever", disse a en fer mei ra do Hos pi tal Wal fre do Gur gel, Maria Fer nan des Ma ce do. "O pro ble ma é que nem todos os pro fis sio nais têm essa cons ciên cia. O uso do ál cool evita quase 85% das in fec ções hos pi ta la res. Acom pa­nhan tes e vi si tan tes do hos pi tal tam bém pas sam pela sala de hi gie ni za­ção", ex pli ca a en fer mei ra. "As mãos pre ci sam estar la va das tam bém, com água e sabão; o uso do ál cool não dis pen sa a la va gem", com ple tou Maria Fer nan des. A An vi sa apro vou tam bém, na úl ti ma sexta-feira (22), uma norma para es ti mu lar a hi gie ni za ção de pro fis sio nais de saúde e evi tar novos casos da su per bac té ria Kleb siel la pneu mo niae car ba pe ne ma se (KPC) e de ou tros mi croor ga nis mos re sis ten tes a an ti bió ti cos. Pela norma, o uso do ál cool gel será obri ga tó rio nos hos pi tais e nas clí ni cas pú bli cas e par ti cu la res. Os es ta be le ci men tos terão 60 dias para cum prir a norma a par tir da pu bli ca ção da re so lu ção no Diá rio Ofi cial da União. A venda de an ti bió ti cos em dro ga rias terá o mesmo tra ta men to dos me­di ca men tos de tarja preta, ou seja, terão a re cei ta re ti da. A me di da busca evi tar a venda in dis cri mi na da des ses me di ca men tos. Os es ta be le ci­men tos terão um prazo de 30 dias para se ade qua rem à norma. Medidas preventivas A super-bactéria KPC é re sis ten te a an ti bió ti cos. Ela sur giu em 2000, nos Es ta dos Uni dos, e hoje é uma preo cu pa ção mun dial. No Bra sil, esse micro-organismo está pre sen te tanto em hos pi tais pú bli cos como pri va dos, em vá rios es ta dos. O Rio Gran de do Norte ainda não apre sen­tou casos, e todas as me di das ne ces sá rias de hi gie ni za ção estão sendo pra ti ca das. Em outra re so lu ção, a An vi sa de ter mi nou que as va ci nas in fluen za a serem uti li za das no Bra sil em 2011 só de ve rão ser pro du zi das e co mer­cia li za das se es ti ve rem den tro das de ter mi na ções pre vis tas. "É ve da da à uti li za ção de quais quer ou tras cepas de vírus em va ci na in fluen za no Bra sil, sendo que as atual men te co mer cia li za das ou fa bri ca das fora des tas de ter mi na ções de ve rão ser re ti ra das do mer ca do até 31 de ja­nei ro do pró xi mo ano", afir ma a re so lu ção. As va ci nas de ve rão con ter três tipos de cepas de vírus, de fi ni das na re so lu ção

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Genivan Vale denuncia irregularidade no Pró-Superior e concessões de táxis e mototáxis em Mossoró

O vereador Genivan Vale (PR), em entrevista ao programa FM 7 Horas (93 FM), denunciou possíveis irregularidades na Prefeitura de Mossoró.

A primeira diz respeito ao Programa Pró-Superior, que dá incentivos fiscais a universidades particulares em troca de bolsas de estudo para alunos carentes de Mossoró. De acordo com Genivan, há filhos de pessoas ricas e secretários beneficiados pelo programa. "Pedi um requerimento com nome e endereço dos beneficiados, mas me foi negado pela bancada do governo. Para mim é indício de que há algo errado", frisou.

A outra denúncia é a adição de critérios políticos para a concessão de táxis e mototáxis em Mossoró. "A gente quer abrir essa caixa preta para saber quem tem mais de uma vaga de táxi e mototáxi em Mossoró. Só uma pessoa pode ter essa vaga", argumentou o parlamentar que também teve requerimento sobre o assunto derrubado na Câmara Municipal.

O republicano defendeu uma reformulação na regra para a concessão de táxi e mototáxi. "Existe muito peso político. A sociedade precisa se organizar para resolver problemas como estes. Em Tibau, a concessão é dada por uma comissão formada por um representante da associação, um da Câmara Municipal e outro da Prefeitura. A gente deveria adotar esse modelo", sugeriu.

fonte :o mossoroense

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

ABC vence Águia no Frasqueirão e retorna à Série B do Campeonato Brasileiro


A torcida do ABC pode e deve comemorar. Aliás, já está comemorando bastante. O time está de volta à Série B do Campeonato Brasileiro após a queda no ano passado. A classificação veio no duelo contra o Águia de Marabá, vencido por 3 a 1, em jogo disputado na manhã deste domingo (24) diante de um Frasqueirão completamente lotado. Leandrão, Jackson e Claudemir, que também marcou o gol da vitória em Marabá marcaram para o Alvinegro, já o ex-ABC Jaime descontou para os visitantes no final da partida. O ABC foi o último time a garantir vaga na Série B do ano que vem. Salgueiro-PE, Ituiutaba-MG, e Criciúma-SC são os outros classificados. Agora o time de Leandro Campos vai brigar pelo primeiro título de Campeão Brasileiro do Rio Grande do Norte no quadrangular final. O jogo Fazendo um espetáculo à parte nas arquibancadas, o torcedor do ABC acompanhou sob o sol forte várias chances de gol desperdiçadas pelo Mais Querido. Logo aos 4 minutos, João Paulo perdeu a chance de abrir o placar. O Águia respondeu, mas Suélinton impediu o gol dos paraenses. Leandrão e Pio, aos 18, em cobrança de falta, também tiveram boas oportunidades para abrir a contagem, mas o goleiro Alan barrou todas as chances de gol do time de Natal no primeiro tempo de jogo. Chama o Leandrão! No segundo tempo, o ABC veio mais determinado a buscar o resultado. João Paulo fez uma bela jogada na frente da área e chutou forte da meia lua aos 11. No mesmo minuto, Leandrão perdeu a chance mais clara de gol da partida, frente a frente com Alan, que defendeu com o pé esquerdo o que seria o primeiro gol do ABC. Mas o dia era mesmo de Leandrão. Aos 14, Suélinton lançou uma bola perfeita da entrada da zaga abecedista, o camisa 9 dominou, avançou e fez o Frasqueirão explodir de vibração: 1 a 0. O Abc ainda teve boas chances, com o próprio Leandrão e João Paulo, mas foi o meia Jackson que fez o segundo do jogo. Após um cruzamento da esquerda, ele pegou de primera e mandou para o gol dos paraenses: 2 a 0. A partir daí a frasqueira era só festa. Ao torcedor do ABC já bastavam os dois gols. Mas ainda faltava Claudemir. Autor do gol da vitória em Marabá, o meia substituiu Jackson e com poucos minutos em campo selou a vitória do time alvinegro aos 44. O gol de Jaime para o Águia no minuto final de jogo nem deve ter sido notado por boa parte da torcida do ABC. Festa Antes mesmo do final da partida, a torcida do ABC era só festa. Ao apito final, os torcedores se concentraram na frente do estádio, de onde saíram em carreata em direção a avenida Roberto Freire. A animação está por conta das bandas Capilé e Grafith, que têm a missão de agitar a massa alvinegra, que viu neste 24 de outubro a redenção de seu clube com o retorno à 2ª divisão. Ficha técnica ABC 3x1 Águia de Marabá-PA Estádio: Frasqueirão, Natal-RN Data: 24/10/2010 Hora: 9h (horário de Natal) Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha-GO Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva-GO e Marco Antônio de Mello Moreira-GO Gols: Leandrão, Jackson e Claudemir (ABC); Jaime (Águia) Cartões amarelos: Cleuber, Vander e Diego Biro (Águia); Basílio, Suélinton, Leandrão e Jackson (ABC) Cartões vermelhos: Diego Biro (Águia) ABC Wellington, Suélinton, Tiago, Leonardo e Renatinho Potiguar; Basilio, Ricardo Oliveira, Pio (Bileu) e Jackson (Claudemir); João Paulo e Leandrão. Técnico: Leandro Campos. Águia Alan, Bernardo, Cleuber (Roma) e Ari; Sinésio, Daniel, Analdo, Diego e Vander (Thiago Marabá); Torrô e Samuel Lopes. Técnico: João Galvão.

Por Luan Xavier, do Diário de Natal

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Motorista de Mossoró ganha processo contra a Tim

A empresa de telefonia TIM Nordeste foi condenada a pagar R$ 3 mil para um de seus usuários em Mossoró. O motorista Israel Apolinário da Silva entrou com uma ação contra a empresa por má prestação de serviços no que diz respeito ao sinal das ligações, e ganhou a causa. O Tribunal de Justiça do RN manteve a decisão integral do juiz Edino Jales de Almeida Júnior, da 1ª Vara Cível da Comarca de Mossoró, que estipulou o valor da multa.

O relator da questão, o desembargador Osvaldo Cruz, evidenciou os danos morais causados ao motorista. Afirmou que, apesar de pagar pelos serviços, Israel era profissionalmente prejudicado pela empresa, "na medida em que, para o exercício de suas atividades como motorista, ele necessitava do serviço contratado, pois trabalhava de sobre aviso, tendo sido, inclusive, chamado a atenção por seus superiores por não ter sido localizado quando necessário".

A TIM alegou, por sua vez, que o usuário não tinha conseguido comprovar os prejuízos sofridos. Na opinião da operadora, os problemas ocorreram exclusivamente nos horários de pico dos serviços da empresa, entre 18h e 20h. Disse que a sociedade deveria estar "cientificada das ocorrências relativas aos períodos de não-funcionamento, o que impossibilitou algumas conexões de rede".

A defesa afirmou ainda que, para ampliar o sinal e retomar o funcionamento normal da rede, a empresa precisa seguir medidas estabelecidas pela Anatel - o que, de acordo com a TIM, demanda algum tempo. Apesar disso, perdeu a causa.

fonte : jornal o mossoroense

Nota do Blog : Se acontecesse o mesmo aqui em Patu talvez a TIM melhorasse o atendimento ao patuense

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Incêndio na serra de Patu


Um incêndio aconteceu ontem na serra de Patu, e já por volta das 5h15 podiarmos ver a fumaça escura cinzenta saindo de nossa serra. O fogo podia ser visto a noite em comunidades rurais a mais de 5Km de distância não sabemos ainda quem iniciou o fogo mas depois voltaremos com mais informações.

QUADRILHA INVADE E ESPANCA FAMÍLIA DE AGRICULTORES NA ZONA RURAL DE PATU




Uma verdadeira barbárie, foi o que cometeram três elementos contra a família do agricultor COSMO JALES DANTAS, 58 anos de idade, residente no sítio Boágua, zona rural de Patu.
Por volta das 05:00 horas da manhã desta quarta-feira, 20/10, os elementos MÁRCIO FRANCISCO DO RÊGO, mais conhecido por"MÁRCIO MOSSORÓ", 22 anos de idade, JOSENILDO NASCIMENTO DE OLIVEIRA, mais conhecido por "VEINHO", 20 anos de idade e o menor JFS, 16 anos de idade, armados cada um com revólver e encapuzados, invadiram a residência do Sr.COSMO JALES DANTAS, onde se encontravam também sua esposa e um filho (18 anos), passando os elementos a provocarem um verdadeiro terror contra a família. Os elementos passaram a espancar violentamente o Sr. COSMO, sua esposa e seu filho a procura de uma espingarda calibre 12 que eles diziam que existia naquela casa.
Além de espancarem as vítimas, os elementos efetuaram três disparos de revólver no interior da residência para amedrontar ainda as vítimas. A casa das vítimas foi completamente revirada pelos bandidos e vários objetos foram quebrados, provocando no local uma verdadeira baderna. Os elementos ainda danificaram totalmente uma motocicleta tipo BIZ da família, tudo isso a procura da espingarda calibre 12 que segundo o Sr. COSMO não possui tal arma.
A sessão de torturas continuou quando o elemento conhecido por "VEINHO" desconfiou que o filho do seu COSMO havia lhe reconhecido, pois o mesmo já havia trabalhado naquela fazenda, passando a colocar um revólver na boca do mesmo e ameaçando atirar por várias vezes, além de ameaçar voltar a fazenda e assassinar toda a família se o fato fosse comunicado a polícia.

Mesmo sob ameaças, o Sr. COSMO procurou a Polícia Militar e a Delegacia de Polícia Civil de Patu e comunicou o grave fato, sendo destinadas duas guarnições, uma da Polícia Militar e outra da Polícia Civil que foram até o local do fato e após colherem informações se deslocaram até o sítio Castanheiro, que fica nas proximidades e lá conseguiram prender MÁRCIO FRANCISCO DO RÊGO, o MÁRCIO MOSSORÓ e o menor JFS, o elemento JOSENILDO NASCIMENTO DE OLIVEIRA, o VEINHO conseguiu evadir-se e até agora não foi localizado.
Após a prisão desses elementos, a pessoa de HÁLISON HUSTON BATISTA DANTAS passou a efetuar ligações para o celular de um deles para orientá-los a sair de onde se encontravam escondidos, sendo essas ligações interceptadas pela autoridade policial que determinou a prisão do mesmo, o qual foi conduzido para a 7ª Delegacia Regional de Polícia de Patu onde foi autuado em flagrante delito pelo Dr. Hérbert Luiz Henrique por formação de quadrilha.
Com excessão de Hálison Huston, todos os outros envolvidos nessa ocorrência já respondem a processos na justiça por furtos, roubos e até tentativa de homicídio.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Fogo brota do chão em Apodi


Passando pela localidade de Melancias, nas margens da BR-405, entre as cidades de Apodi e Itaú, é praticamente impossível não parar para apreciar o doce de leite na Churrascaria do Bom. É realmente bom. O ambiente é alegre exatamente pelas histórias contadas pelo proprietário do lugar, Francisco Lopes de Oliveira, o "Bom". O problema é que estas histórias não são verdadeiras. Na verdade, são absurdas. Mas ele conta com semblante de seriedade, como se fosse verdade. Por exemplo, mês passado ele contou que pescou uma traíra tão grande na Barragem de Santa Cruz que havia uma bicicleta Caloi 82 no intestino do peixe.

Nos últimos trinta dias, Bom está contando uma história verdadeira, mas seus clientes mais cativos não acreditam por motivos óbvios। "Aqui tá tão quente que tá saindo fogo do chão. Tá queimando tudo ali bem perto", conta o alegre comerciante aos clientes que caem na risada e continuam em suas refeições. O fato é que existe realmente fogo brotando do chão numa área de várzea na fazenda do agricultor conhecido por Bibiu, filho de João Carrasco. "Não sabemos os motivos", diz a agrônoma Ariana Carvalho, que fotografou o local e enviou a este repórter.

No local onde está surgindo os focos de incêndio no solo, durante o inverno fica alagado। Secou devido às poucas chuvas. Ariana Carvalho conta que no início começou surgindo uma fumaça clara e logo em seguida se formou tochas de fogo, deixando o solo cozido. Como os proprietários da área estavam pertos, o fogo não avançou muito na vegetação. Entretanto, o fenômeno voltou a acontecer durante a madrugada e queimou tudo que havia por perto, assustando os moradores.

Em mutirão, os moradores apagaram o fogo। No dia seguinte, no mesmo local, o fogo votou a brotar do solo. "Saiu uma fumacinha branca e logo em seguida o fogo subiu. Eu corri em casa, peguei a máquina fotográfica e registrei. Aí meus parentes chamaram os vizinhos e colocaram água no solo. Só que o fogo seguiu brotando do chão em outros locais próximos", conta a agrônoma Ariana Carvalho, que é parente dos proprietários da fazenda e mora em Mossoró.

Na comunidade de Melancias, que tem cerca de 350 famílias, todos sabem da história. Porém, quem passa pela comunidade, para no Restaurante do Bom e escuta a história do proprietário, tem motivos para desconfiar. Ontem, o filho de Bom, o ex-vereador Eliézio do Bom, disse, em tom de brincadeira, que o pai dele mente tanto para divertir os clientes no restaurante que suas mentiras estão se tornando realidade. "Meu pai é muito divertido e os clientes gostam das histórias dele, mas esta é verdadeira", confirma Eliézio do Bom.

Especialista acredita que seja combustão espontânea

Para tentar explicar o fenômeno, a reportagem do JORNAL DE FATO mostrou as fotografias do fogo brotando do chão ao geólogo Aníbal César Alves, da Universidade Federal do Rio Grande do Note (UFRN)। Cauteloso, o especialista disse que a princípio não era possível dá um diagnóstico preciso apenas observando fotografias, sem conhecer pessoalmente o local e sua história.

Entretanto, fez algumas considerações। "Como o local fica nas proximidades de Apodi, podemos supor que se encontre dentro da área sedimentar da Bacia Potiguar, o que leva a duas hipóteses preliminares para o fenômeno".

A primeira é de exsudação de gás natural। "Essa hipótese é pouco provável, porque este fenômeno já deveria ter sido registrado anteriormente na área. De qualquer forma, o gás proveniente de acumulações de petróleo tem uma composição complexa, sendo formado por metano, etano, propano e butano, enquanto o gás de origem biogênica (decomposição de vegetais) é composto basicamente por metano (CH4)", explica.

O especialista acredita que a hipótese mais provável é que seja um depósito de turfa em combustão espontânea। "Nesse caso, a combustão se daria pela fermentação da matéria orgânica (turfa), que atinge temperaturas elevadas. Qualquer fazendeiro sabe que não pode deixar um monte de estrume fermentar, porque a fermentação eleva muito a temperatura e o estrume entra em combustão espontânea (reage com o oxigênio). É por isso que eles ficam revirando o monte de estrume ou o espalham pelo terreno", explica o professor.

Aníbal César Salves disse que como se trata de um leito de rio, é possível que a matéria orgânica (folhas, caules e raízes vegetais) tenha se acumulado em alguns locais, propiciando a formação da turfa। O gás liberado pelo material é basicamente o metano (CH4), como já foi citado acima.

Ainda conforme o especialista, a turfa é o passo inicial para a formação de carvão mineral, que se forma após sofrer soterramento a centenas de metros de profundidade। "Na Índia, a combustão espontânea de depósitos de carvão atinge proporções gigantescas, fato este já amplamente divulgado em reportagens e documentários da National Geographic e Discovery Channel".

No caso, a combustão seria favorecida pela existência de fraturas no solo que permitem o contato do carvão com o oxigênio do ar atmosférico. "No caso de Apodi, como o material está muito raso, talvez as pequenas gretas formadas no leito do rio tenham propiciado o contato entre o oxigênio e a provável turfa", finaliza o geólogo pesquisador Aníbal César Alves.

Jornal de Fato - Cesar Santos e também foi destaque hoje no RN TV

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Escavações provocam um desabamento em loja

Escavações feitas em uma obra na rua Ceará-Mirim, vizinho ao supermercado Nordestão, provocaram o desabamento, no início da manhã de ontem, de parte da loja Kitchens e abalou as estruturas de um condomínio residencial de seis andares.

De acordo com moradores da região, os engenheiros da Construtora Colméia, responsável pela obra, avisaram que a escavação seria realizada para o reforço do terreno nas proximidades de uma das torres. O empreendimento, nominado Living Garde, abriga três torres de apartamentos. As obras estão paradas na torre próxima ao desabamento, mas continuam normalmente nas outras duas torres.

O Corpo de Bombeiros esteve no local e isolou parte da área de estacionamento do condomínio residencial, que apresenta rachaduras no andar térreo e no subsolo.

Segundo trabalhadores da obra, a parte que desabou da loja servia de dormitório de um vigia, que não estava no local. Foram soterrados uma geladeira, colchão e uma cama. O gerente da loja Kitchens não quis se pronunciar a respeito do caso.

Procurados pela reportagem da TRIBUNA online, os engenheiros da Colméia limitaram-se a declarar que os riscos serão avaliados e a empresa negociará com a loja Kitchens quanto aos prejuízos.
Fonte: tribuna do norte

Jornalista é assinado em Caicó

O jornalista e radialista Francisco Gomes de Medeiros, mais conhecido como F. Gomes, foi assassinado ontem à noite em Caicó. De acordo com as primeiras informações , ele estava na calçada de casa, na rua Professor Viana, no bairro Paraíba, quando duas pessoas chegaram numa moto e abriram fogo. Atingido por três tiros fatais, foi levado para o Hospital Regional, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo foi levado para necropsia no Itep de Caicó por volta das 22 horas. F. Gomes tinha 46 anos, era casado com Eliane Gomes e pai de 3 filhos.

Até o fechamento desta edição não havia informações sobre a arma usada pelos pistoleiros, nem sobre a marca e modelo da motocicleta usada no crime. Em post no twitter, ontem, o secretário de Interior e Justiça, Leonardo Arruda disse ter falado com Major José Desques, coordenador do Sistema Penitenciário, que confirmou o assassinato do radialista.

F. Gomes foi correspondente da Tribuna do Norte na década de 1990, quando deu, em primeira mão, a prisão do pistoleiro Edmilson Fontes, acusado de matar o promotor de Pau dos Ferros Manoel Alves Pessoa. Como free lancer, cobriu para o jornal o assassinato do ex-prefeito de Campo Grande, Antônio Veras, em março deste ano. Cobriu também a volta de militares do Batalhão de Engenharia de Caicó do Haiti, onde um terremoto matou mais de milhares de pessoas. Também assinou matéria informando sobre a compra de votos por crack no primeiro turno deste ano, que teve repercussão nacional.

No último post em seu blogue, (www.fgomes.com.br), ele informava a respeito de um seminário no campus da UFRN em Caicó.

Agricultora é morta e esquartejada a golpes de foice pelo ex-marido

A agricultora Maria Lúcia de Souza Pereira, de 35 anos, foi morta e esquartejada a golpes de foice pelo ex-marido, identificado apenas como "Toinho".
O crime aconteceu na noite de sábado passado, 16, no Assentamento Tocantins, na zona rural de Porto do Mangue. A polícia colheu informações de que "Toinho" não aceitava a separação da esposa e vinha sofrendo problemas psicológicos.
A família do suspeito tem um histórico de problemas mentais. O pai de "Toinho" foi morto com perfurações de chave de fenda e sua mãe, há pouco mais de um ano, morreu enforcada, em Serra do Mel.
O ator do crime chegou a ligar para uma irmã da vítima informando que havia matado a ex-esposa e que pretendia se matar, mas até o momento "Toinho" continua desaparecido.

Agricultora é morta e esquartejada a golpes de foice pelo ex-marido

A agricultora Maria Lúcia de Souza Pereira, de 35 anos, foi morta e esquartejada a golpes de foice pelo ex-marido, identificado apenas como "Toinho".
O crime aconteceu na noite de sábado passado, 16, no Assentamento Tocantins, na zona rural de Porto do Mangue. A polícia colheu informações de que "Toinho" não aceitava a separação da esposa e vinha sofrendo problemas psicológicos.
A família do suspeito tem um histórico de problemas mentais. O pai de "Toinho" foi morto com perfurações de chave de fenda e sua mãe, há pouco mais de um ano, morreu enforcada, em Serra do Mel.
O ator do crime chegou a ligar para uma irmã da vítima informando que havia matado a ex-esposa e que pretendia se matar, mas até o momento "Toinho" continua desaparecido.

domingo, 17 de outubro de 2010

AS CONDIÇÕES CLIMÁTICAS ESTÃO FAVORÁVEIS PARA VOOS DE GRANDES DISTÂNCIAS NA RAMPA DE VOO LIVRE DE PATU


As condições climáticas que não vinham colaborando nos últimos dias para a realização de voos de longas distâncias, àqueles em que os pilotos buscam a quebra de recordes, mudou completamente e agora estão ideais para a busca de quebra de recordes. As formações estão começando logo cedo, por volta das 06:30 horas da manhã já oferece plenas condições de decolagens na rampa de Patu com a possibilidades da realização de voos de longas distâncias.
Os pilotos que estiverem preparados para a quebra de recordes mundiais, o momento é agora, a rampa de Patu oferece as melhores condições nesse momento, tendo em vista a sua localização estratégica.
Venham voar a partir de Patu e superar os seus próprios limites e os limites dos seus concorrentes.

fonte: patunews

sábado, 16 de outubro de 2010

Estado cede à pressão popular e abre comportas do açude Rodeador

Umarizal - A Companhia Estadual de Recursos Hídricos (SERHID) se antecipou à mobilização social dos municípios de Umarizal, Caraúbas e Olho D'água do Borges e abriu as comportas do açude Rodeador, para perenizar o braço do rio Umari, que corta toda a microrregião de Caraúbas.
Mesmo assim, trabalhadores e lideranças dos movimentos sociais mantiveram a mobilização e reuniram mais de 200 trabalhadores para acompanhar a ação de abertura das comportas, realizada pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN).
De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Caraúbas (STTR), José Maria Junior, na segunda-feira, 18, técnicos da Serhid estarão em Umarizal para fazer uma análise da vazão liberada e os ajustes necessários de acordo com as normas da Secretaria.
A discussão foi iniciada porque, como o inverno ficou abaixo da média, o rio Umari não está perenizado, fazendo baixar o nível do lençol freático, acabando com as águas rasas que alimentam os cacimbões e pequenos poços. "A ideia com a abertura das comportas é que o lençol freático seja alimentado e os poços voltem a ter água", disse Junior.
A situação já está muito grave no semiárido nordestino. Na região de Caraúbas e Umarizal os cacimbões começaram a secar, prejudicando as famílias que não conseguem manter as pequenas irrigações e, muitas vezes, colocando em risco a situação do gado. "É um ano muito ruim, não tivemos produção, todas as atividades estão comprometidas. Agora, só podemos esperar que o ano que vem seja melhor de chuva", complementou Zé Maria Junior.

Confira o que muda para o RN com o início do horário de verão neste domingo

A partir da 0h deste domingo (17), começa o horário de verão que ficará em vigor até 21 de fevereiro de 2011. Nos estados das regiões Sul e Sudeste, os relógios serão adiantados em uma hora. Apesar do Rio Grande do Norte não precisar adiantar os ponteiros, é importante a população alertar para algumas modificações que ocorrerão no cotidiano durante este período.

O expediente dos bancos no RN e demais estados que não fazem parte do horário de verão começara uma hora mais cedo a partir da próxima segunda-feira. Desta forma, segundo informou a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) os bancos estão funcionando das 9h às 15h, a medida tem o objetivo de assegurar o perfeito funcionamento do serviço de compensação.

O horário dos voos no aeroporto Internacional Augusto Severo também seguirão o horário de verão, desse modo os embarques e desembarques serão adiantados em uma hora. Segundo a direção de Operações da Infraero/RN, a partir deste domingo as empresas aéreas já irão emitir os bilhetes de viagem com esta observação para alertar os viajantes.

Outra mudança para a população potiguar será na programação das emissoras de TV locais que exibirão os programas e telejornais uma hora mais cedo.

Por Júlio César Rocha, da redação do DIARIODENATAL.COM.BR

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Agricultores fazem mobilização para abrir comporta do açude do Rodeador

Agricultores e representantes dos movimentos sociais e sindicais dos municípios de Umarizal, Caraúbas e Olho D'água dos Borges promovem hoje, às 8h, uma mobilização popular para pressionar o Governo do Estado a reabrir a comporta do açude do Rodeador, distante 11km de Umarizal. O evento acontecerá na frente do Açude do Rodeador, em Umarizal.
A falta de abastecimento de água, segundo os agricultores, vem acontecendo desde a construção do açude do rodeador, em 1994, quando, no período seco, a água fica represada no açude e não chega às comunidades ribeirinhas. Segundo dados da Secretaria de Recursos Hídricos, o açude do Rodeador opera hoje 75% da sua capacidade máxima e há estudos da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARN) que mostram que o açude tem água suficiente para abastecer o lençol freático do Rio Umari, sem prejudicar o abastecimento das cidades de Umarizal e Rafael Godeiro.
As comunidades fizeram um abaixo-assinado que pedia a liberação das águas. O documento foi entregue à Secretaria de Recursos Hídricos no dia 7 de outubro. Os agricultores tiveram como resposta que há uma obra impedindo a liberação das águas do Açude do Rodeador.
A mobilização tem o objetivo de mostrar ao poder público os problemas enfrentados pelas comunidades, pedir a liberação das águas e pressionar o Governo estadual a finalizar a obra que se arrasta desde fevereiro deste ano.
BARRAGENS
Agricultores do Médio Oeste vivem o dilema da seca numa das regiões mais beneficiadas com os recursos hídricos. Embora esteja entre as barragens de Umari, em Upanema e Santa Cruz do Apodi, em Apodi, que juntas reúnem mais de 900 milhões de metros cúbicos de água, os trabalhadores amargam os anos sem chuva por não conseguirem produzir ou manter os animais no pasto.

fonte : jornal de fato

Produção de mel no RN tem queda de 80%


A falta de inverno neste ano, que ficou muito abaixo da média, deve reduzir a produção de mel de abelha no Rio Grande do Norte em até 80%. A Cooperativa Potiguar de Apicultura (COOPAPI) trabalha numa perspectiva de 50 toneladas, se conseguir recolher a produção de várias outras regiões do Estado. No ano passado, os trabalhadores conseguiram comercializar 250 toneladas.
Segundo a presidente da Cooperativa, Fátima Torres, a situação é muito difícil para as 210 famílias de Apodi que vivem da apicultura, sem falar nos vários trabalhadores no RN que usam a Coopapi para escoar sua produção familiar. "Na região só choveu 300 milímetros, mais da metade do que estávamos esperando", lamentou Fátima.
Sem a florada apícola, responsável pela alimentação das abelhas, o jeito é improvisar. Os cooperados estão sendo capacitados para atuar com outras culturas, numa tentativa de driblar a crise causada pela falta de chuva.
A queda na produção potiguar foi registrada no momento em que o Brasil se reafirma no mercado internacional. De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (SEBRAE), até agosto de 2010, a exportação brasileira de mel aumentou 30% com relação ao mesmo período do ano passado. Já são cerca de 1.689.093 quilos, com um preço médio de US$ 2,89/kg. O Nordeste foi responsável por 51,9% das exportações brasileiras de mel, ou seja, mais da metade com 877,30 toneladas e uma receita de US$ 2,52 milhões.
Apicultores de todo o mundo se reuniram nesta semana em Natal, no X Congresso Iberolatinoamericano de Apicultura, que foi realizado no Centro de Convenções de Natal, com encerramento ontem, para discutir as novas tecnologias e as dificuldades do setor. De acordo com Fátima Torres, a região do semiárido foi indicada como a melhor área do mundo para a produção do produto, dada a sua característica, que possibilita um produto dentro dos padrões agroecológicos.
Durante o evento, foi realizado o simpósio "Controle de qualidade dos produtos apícolas com vistas à exportação", ministrado pelo especialista espanhol e assessor técnico do Ministério da Agricultura na Espanha, Salvador RioLobos Rendon, a doutora em Farmácia pela USP, Lígia Bicudo Muradian, e o engenheiro brasileiro e gerente de exportação Taciano Silva.
Esse tema interessa aos apicultores do Rio Grande do Norte que aparecem entre os principais produtores do país, ficando, em 2008 e 2009, na segunda colocação nacional, sobretudo a partir do que está sendo produzido na região Oeste.
O CONGRESSO
O X Congresso Iberolatinoamericano de Apicultura teve como tema principal O Meio Ambiente e a Apicultura no Agronegócio e é promovido pela Federação Iberolatinoamericana de Apicultura (FILAPI), Confederação Brasileira de Apicultura (CBA) e o SEBRAE, com a realização da Federação Apícola do Rio Grande do Norte (FARN).
Foram quatro dias de extensa programação que incluiu conferências, mini-conferências, rodada de negócios, concursos, feira internacional, visitas técnicas pós-congresso e simpósios, reunindo pesquisadores de renome internacional.

fonte: jornal de fato

Mecânico morre durante manutenção em trator no interior do RN



O mecânico, José Franklin de Souza, de 47 anos, morreu nessa quarta-feira (13), no município de Currais Novos, quando trabalhava na manutenção de um trator tipo enchedeira no sítio Cascável, próximo à cidade. De acordo com a Polícia Militar, no lugar existe uma pedreira e a pá mecânica que não estava bem escorada, caiu sobre ele. A vítima teve morte instantânea no local. José Franklin era especialista em manutenção em máquinas de grande porte. Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR com informações do Blog PM Currais Novos